DICAS DE TRABALHO | O que fazer quando alguém só quer consumir?

Consumir

Vamos a mais uma dica de trabalho do nosso treinador oficial Saulo Coelho?

 

Motivado, você inicia a apresentação do Sistema Racco de Marketing.

Fala da empresa, dos produtos, mostra a oportunidade de crescimento, fala do Top Club e incentiva explicando as premiações. Cria uma enorme expectativa ao ver que a pessoa tem potencial e quando chega o momento de fechar a proposta, ela diz:

– Obrigado, mas vou entrar só para CONSUMIR!

O que fazer nesse momento? Você deve desanimar por isso?

É claro que a intenção de todos que apresentam o Sistema é que a pessoa entre para a Racco e passe a vender e duplicar, porém, alguns aspectos precisam ser avaliados antes de rotular alguém.

Parta do seguinte princípio: a pessoa que acaba de ingressar no Sistema já está acostumada a consumir produtos de outras marcas, sejam de higiene pessoal, cosméticos, perfumes ou linha nutricional. Quando ela conhece a nossa linha de produtos, tem a tendência natural de achar que vender e duplicar são coisas difíceis e que exigem muito, por isso decide apenas consumir.

Ao se deparar com esta situação, pense nas centenas de pessoas que você conhece que começaram exatamente com a mentalidade de só CONSUMIR.

Sendo assim, como ampliar a visão comercial dessa pessoa? Comece simplesmente perguntando:

– Quando você gosta de um produto que comprou numa loja ou supermercado, você costuma indicar para as pessoas que conhece?

A resposta provavelmente será “SIM!”, daí faça uma outra pergunta:

– Se essa loja te desse 10% de tudo o que você indicasse, para quantas pessoas você indicaria?

É claro que a pessoa vai dizer “MUITAS!”

Então, você pode concluir que no Sistema Racco de Marketing é assim: quanto mais pessoas ela indicar, maior será o retorno, pois a Racco paga 10% referente aos Consultores e 5% referente aos Dirigentes de 1ª geração e também 5% referente à equipe dos Dirigentes cadastrados em sua 1ª geração (2ª geração).

Raciocínios como esses é que fazem as pessoas, que queiram inicialmente apenas CONSUMIR, mudarem sua visão.

O ponto focal, então, é saber que TODOS, literalmente todos nós, Consumimos, Vendemos e Duplicamos. Conceitos bem trabalhados farão com que as novas pessoas que ingressam para o Sistema iniciem a construção do negócio Racco.

E lembre-se do seguinte: não seja seletivo “rotulando”quem vai ou não desenvolver o Sistema, pois se a Racco fizesse isso desde o início, mais de 90% das pessoas que hoje têm um grande sucesso estariam fora!

DIA DOS NAMORADOS | Encontre a fragrância ideal

Ajude seus clientes a escolher o presente ideal para o Dia dos Namorados.

Vamos pensar em perfumaria: separe algumas opções de acordo com a família olfativa das colônias e pesquise as características de quem será presenteado.

As fragrâncias refrescantes são mais leves e muitas vezes são preferidas para usar durante o dia, pois são mais suaves. Já as mais intensas são mais sensuais e marcantes.

Identifique qual delas combina mais com a pessoa a ser presenteada e boas vendas!

 

Cítrica

Pessoas com características mais extrovertidas e alegres, que gostam de estar levemente perfumadas o dia todo. Sua fragrância preferida é “simples e chique”.

citrico

Floral

Pessoas mais introvertidas, que amam a simplicidade, a discrição, o frescor e a delicadeza. Fragrância feminina, delicada e geralmente mais conservadora.

floral

Oriental

Sua fragrância preferida é misteriosa. Demonstra poder e sofisticação com um toque de sensualidade, que provoca uma sensação hipnótica, atraindo sempre a atenção.

oriental

Herbal

As fragrâncias são refrescantes e agradáveis. Exalam praticidade e dinamismo.É uma família mais masculina, mas mulheres também tem afinidade quando a nota predominante no perfume é a Lavanda, que sugere frescor e sensação de limpeza.

herbal

Madeira

Pessoas de personalidade forte, refinadas e de bom gosto, que demonstram sofisticação nos mínimos detalhes. Apresentam gosto refinado e apreciam as coisas boas da vida.

madeira

DICAS DE VENDA | Vender é 5% técnica e 95% motivação

Você já deve ter ouvido falar que Consultores Racco são empreendedores de sucesso! Aqui na Racco é assim: sabemos onde queremos chegar e qual o melhor caminho para a realização dos nossos sonhos.

Se quiser saber por onde começar, leia as três dicas que farão a diferença nos seus resultados. Essas dicas são do livro Manual de Sobrevivência na Venda Direta, do nosso treinador Saulo Coelho:

 

Seja Ensinável

ensinavel1

Ser ensinável significa ser humilde mentalmente, ou seja, estar disposto(a) a aprender e reaprender. Demonstre que quer aprender e aceite ajuda. Para exemplificar o que é o poder de ser ensinável, visualize um copo cheio de água. O copo é a sua mente e a água o conhecimento. Quando sua mente está cheia – como o copo está cheio de água – não há espaço para mais água, ou seja, novos conhecimentos. O correto, então, é esvaziar o copo todas as vezes que for a um treinamento, seja em sua Promotoria ou Diretoria, esteja com a mente disponível para aprender coisas novas.

 

Use os Produtos

use_produto

Se há uma coisa que prejudica a venda é quando quem vende não usa o que oferece. A lógica é bem simples: como alguém pode comprar o que nem você, que vende, usa? Lembre-se: você é seu principal cliente!

Num mundo tão competitivo, não há espaço para não usar o que se vende. Por exemplo, como você vai falar de beleza se anda sempre com cabelos, pele e roupas a desejar? São detalhes simples que fazem a diferença na vida de quem quer vencer na venda direta. Além do mais, quando você usa e sente os benefícios dos produtos que vende, adquire confiança e, consequentemente, passa segurança para quem vai comprar.

 

Ofereça com motivação

ofereca_motivacao

Tem uma frase muito conhecida em cursos de vendas: me motivo, logo VENDO! Este é o ponto, motivação. Saber o que quer, quando quer e quanto quer. A maior missão de quem vende é contagiar as pessoas para quererem comprar o produto.

Para isso existem muitas técnicas, porém a principal não passa por detalhes e sim por emoções. Quando você oferece, cria um vínculo de acordo com três aspectos:

1- Tom de voz: deve ser contagiante, motivado e imperativo.

2- Fisiologia: corpo ereto, postura confiante e olho no olho.

3- Sorriso no rosto: ninguém quer comprar de alguém que não esteja feliz fazendo o que faz.

Fora tudo isso, guarde na mente e no coração esta frase: “você jamais irá vender algo que não oferece”.

 

Seguindo estas pequenas dicas suas chances de sair na frente aumentam muito. Agora, é com você. Força, coragem e crença. Acreditamos no seu potencial!