Peles negras: três cuidados essenciais

As mulheres que possuem a pele negra podem comemorar: vocês são geneticamente privilegiadas! Isso porque, quando comparada às epidermes mais claras, a pele negra apresenta altos níveis de melanina e colágeno que são, respectivamente, responsáveis pela proteção natural contra os raios solares e pelo anti-aging cutâneo.

Ou seja, além de serem mais resistentes e flexíveis, as peles negras conseguem retardar o processo de envelhecimento e flacidez. Mas, mesmo assim, elas ainda necessitam de cuidados quanto à sua proteção, hidratação e oleosidade e esses cuidados devem ser incluídos diariamente na rotina de beleza. Não sabe por onde começar? Anote:

1 – Higienização
Comumente mais oleosas, as peles negras possuem glândulas sebáceas maiores que, consequentemente, produzem mais sebo. Por isso, a higienização é um passo fundamental para manter a pele brilhosa, mas sem excessos. Realize-a, pelo menos, duas vezes ao dia e, durante a limpeza, utilize-se de produtos oil-free ou em gel.

A linha Lipogel dispõe de três produtos que, quando utilizados em sequência, auxiliam no controle do pH, na eliminação de impurezas e células mortas do rosto, além de equilibrar a oleosidade da área. Confira como utilizá-los:

1º passo: aqueça a água, mas não muito. Então, aplique o Sabonete Líquido Lipogel sobre o rosto, massageando suavemente em movimentos circulares. Deixe-o agir por 30 segundos e, em seguida, retire o sabonete por completo. O sabonete promove uma limpeza profunda e não agressiva à pele, controlando o sebo excessivo e a proliferação de bactérias.

2º passo: após a higienização, aplique com um algodão o Soro de Limpeza Redutor de Oleosidade Lipogel em todo o rosto e pescoço e deixe-o secar. Além de controlar o pH da pele acneica, o soro atua em todas as causas dela: a hipersecreção de sebo, hiperqueratose, proliferação bacteriana e inflamação local.

3º e último passo:  para prevenir o aparecimento da acne, aplique o Gel Secativo Antiacne Lipogel na zona T. Ele possui ações secativas, bactericidas e hidratantes. Por isso, use duas vezes ao dia, pelo menos.

 

 2 – Hidratação

Oleosa, seca ou mista. Branca, morena ou negra. Todo o tipo de pele deve ser hidratada de acordo com sua necessidade. No caso das peles negras, que naturalmente são mais oleosas, a camada que se forma na superfície da pele não garante a hidratação das camadas cutâneas mais profundas. Além disso, a oleosidade costuma se concentrar na zona T – testa, nariz e queixo – enquanto as demais áreas ficam ressecadas. Por isso, abuse de um hidrante antes de dormir.

Assim como na higienização – e para não piorar a sensação de rosto ensebado – opte pelos produtos em gel, livres de óleos e com ação matificante – que absorve o excesso do brilho. Fórmulas com ácido lático ou glicólico hidratam a face, reduzem a produção de sebo e estimulam a renovação das células. Aposte no Gel Hidrante Facial Lipogel! Basta aplicá-lo sobre o rosto lavado e tonificado, de maneira suave e ascendente, fazendo movimentos circulares até a completa absorção.

3 – Proteção
Independente da tonalidade da cútis, o uso do protetor solar facial é regra para todas e deve ser aplicado cotidianamente. Isso porque, mesmo dispondo de um nível superior de melanina, a hiperpigmentação da pele negra favorece o surgimento de manchas no rosto, além da melasma, foliculite e acne.

Para evitá-las, aplique uma camada generosa do cosmético na face antes de sair de casa e não se esqueça de repassar o produto a cada duas horas. Invista em protetores solares com composição em gel ou livres de óleo, como o Protetor Solar Facial Lipogel, com FPS 20.

Ele garante dupla proteção: contra a oleosidade e contra os raios do sol e, por isso, é a solução ideal.

Gostou das dicas? Aposte na linha Lipogel e transforme a sua pele!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>